100 MENINOS NEGROS EM LIVROS INFANTIS

 

 

Para além da imagem consolidada que não existem livros infantis com personagens negros, estamos levantando mais de 100 obras. Sabemos que ainda são poucas, mas existem. Está sendo um trabalho minucioso, pois nosso interesse é apresentar para você material de qualidade que possa contribuir de forma construtiva para o aprendizado de nossas crianças. Toda semana iremos postar 5 títulos novos. Nos acompanhe!

1) O MENINO, A GOIABEIRA E A PORTA BANDEIRA

Narra a história de Júnior e Suelen, ambos moradores da Comunidade Renascer, local que tem um visual muito bonito de onde pode-se ver o mar com todo o seu esplendor. Ele é intérprete e ela porta-bandeira mirins da Escola de Samba que carrega o nome da comunidade. Ele é um menino muito criativo que vive versando sobre tudo o que acontece ao seu redor. Aos pés da goiabeira, os amigos se deliciam com seus frutos e Júnior faz suas rimas encantando Suelen, ao falar das primeiras gerações que ergueram a comunidade e semearam as plantas que hoje os alimenta. 100 meninos negros em livros infantis

Indicamos para: leitores em formação, leituras mediadas e para quem se interessa por samba.

Onde encontrar: Iná Livros

2) PEDRO NOITE

Pedro é um menino que não entende a sua negritude. Ele não entende porque é diferente da sua família e porque os outros meninos o tratam mal por causa da sua cor de pele. Sua avó, uma mulher branca, pouco o ajuda a entender sua ancestralidade. Pedro só passa a entender melhor sua negritude e seus sentimentos a partir da conversa com Juvenal, um velho senhor negro. Pedro Noite fala de um menino que tem sua história atravessada por imagens que não o retratam, e por uma conexão ancestral que ele precisa resgatar. 100 meninos negros em livros infnatis

Indicamos para: leitores em processo e leituras mediadas.

Onde encontrar: Iná Livros

3) DO QUE SÃO FEITOS OS HERÓIS

Narra a história de João, jovem adolescente que possuía 2 irmãos gêmeos, e que cuidava deles enquanto os pais estavam no trabalho. Para agravar sua situação, a família recebeu mais um morador, seu avô materno. Com ele aprende a lidar de forma inteligente com as situações de racismo pelas quais passou no ambiente escolar e amplia sua autoestima. 100 meninos negros em livros infantis

Indicamos para: leitores em processo e leituras mediadas.

 

4) MIZU E AS ESTRELAS

Em uma aldeia do Zimbábue, o garoto Mizu aprendeu sobre a força da amizade e sobre o amor maior, aquele que nos faz imensos como o firmamento do céu e transforma a vida em uma fantástica história que merece ser contada. 100 meninos negros em livros infantis

Indicamos para: leitores em formação, leituras mediadas

 

5) OBÁ NIJÔ

 Obá Nijó é o rei que dança em Yorubá. Segundo a tradição africana o rei precisa saber dançar, pois assim o admiram e torna-se mais fácil exercer a liderança. E com a liderança de Obá Nijó, quilombos foram organizados em Itapuã, na Bahia. 1) O Mercado está em festa com o anúncio do nascimento do rei – No mercado conhecido como Ojá todos comentavam o nascimento do filho de Ologbom e Ayó, Obá Nijó era seu nome. Foi saudado pelo babalorixá e pelo contador de histórias. E desde cedo sabia que seu destino era proteger o seu povo. 2) OKUN ODO dançando com as Iyás Agbás, as mães ancestrais – Na praia acompanhava seu pai e outros pescadores. Ajudava a puxar e a costurar a rede. E assim como os outros cantava para as mães ancestrais. Um dia ouviu uma voz doce chamar pelo seu nome e teve certeza que era Iemanjá e para ela pôs-se a cantar. Também no rio quando foi se banhar com os amigos ouviu Oxum a lhe chamar. 3) IGBO dançando com a floresta – Na floresta Obá Nijó entra para buscar material e construir um berimbau. Lá se depara com Agemó, um camaleão que o ensina várias coisas, além de apresentar Ossaim e Oxóssi. 4) A dança pela liberdade – Depois de um episódio de injustiça Obá Nijó reúne outras pessoas que estavam na condição de escravos e organiza uma rebelião, ao mesmo tempo que encaminha seu povo para um quilombo, onde há a esperança de liberdade.

Indicamos para: leitores em processo e leituras mediadas.

Onde encontrar: Iná Livros

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Veja Também:

Compartilhe

mm

About the author

Léo O'Bento é educador, produtor cultural e ultimamente tem a estranha mania de transformar sonhos em realidades.