Category Archives: Literatura Africana

Charles, Carlos ou Lito? Pichón

Hoje, terminei de ler Pichón. Livro instigante com características de um romance policial. Tantas foram minhas angústias ao ter que me afastar de suas páginas para agitar as coisas do dia-a-dia e não terminá-lo de uma só vez. Mas vamos lá! A vontade era ter uma máquina do tempo para acompanhar Carlos Moore em muitas das passagens de sua vida. Não consegui isso. Mas o livro me proporcionou uma aproximação tamanha que me vi moleque em Lugarenho. Corria de um lado para o outro, admirando os Jorocóns. Queria pular as encrencas com a mãe, apanhar não é nada bom. Ouvi os tambores dos Clubes Negros e senti a emoção de viajar de avião pela primeira vez, direto para Nova York. Lá, a loucura americana e as facilidades subiram à cabeça. Sorte ter encontrado uma Livraria Afrocentrada e uma moça. Quem era a moça? Maya Angelou, tá bom pra você? Pra mim, não. Se eu continuar terei de falar de vários outros encontros, que Carlos foi proporcionando, Malcolm X, Kwame Ture, Abdias do Nascimento, Aimé Cesaire, Fela Kuti e tantos outros. Não nessa ordem e nem todos na terra de Tio Sam. Mas se quiser saber mais, sobre esses encontros quase inverossímeis. Como se deu o retorno à Cuba, a retirada estratégica para não virar comida de Pichón, opa – urubu, a coragem desse homem de sorriso e gestos carregados de ternura. Mas firme ao defender suas convicções. Faça como eu e tantos outros estão fazendo. Leia o livro. Simples assim!

capapichon

Clique aqui para adquirir o seu.

Veja Também:

InaLivros listas – 10 Livros de  Autoras Negras

inalivroslistas1-autorasnegras

Esse mês, o Dicas de Livros traz uma lista de livros publicados por autoras negras.

1- Mulher Mat(r)iz de Miriam Alves

mulhermatriz

É uma coletânea de textos publicados ao longo de 23 anos de vida literária. São contos que falam sobre o universo da mulher negra, focando em suas várias possibilidades de vivências e afetividades.

mirianalves

Sobre a autora: Miriam Alves é escritora e poeta com uma longa trajetória literária. Fez parte da Quilombohoje, pelo qual publicou diversos textos em prosa e poesias. Participa freqüentemente de debates e palestras em universidades nacionais e estrangeiras com temas vinculados às questões da afro descendência no campo literário com ênfase especial a afro literatura feminina.

Saiba mais: facebook |site


2- Cartas para a minha mãe de Teresa Cárdenas

cartasparaminhamae

Um livro pequeno e arrebatador. Teresa Cárdenas conta a história de uma menina que escreve cartas para sua mãe morta. Um romance emocionante sobre perdas irreparáveis e sobre o poder restaurador do amor e do autorrespeito. Uma narrativa que nos mostra um pouco da vida de mulheres negras em Cuba.

Sobre a autora: Teresa Cárdenas é uma premiada autora cubana, destaque da nova geraçteresacardenasão de autores da ilha. Recebeu o prêmio Casa das Américas, o prêmio David e o prêmio nacional cubano da Crítica Literária. Além de escritora, é uma bailarina renomada e contadora de histórias.

Saiba mais:


3- Palmas e vaias de Sonia Rosa

palmasevaias

Uma delicada narrativa sobre as transformações da adolescência e sobre como o amor, o carinho e a atenção da mãe pode ser uma ferramenta para ajudar na superação das dificuldades cotidianas.

soniarosa

Sobre a autora: Sonia Rosa é uma  escritora que se destaca principalmente pelos livros infanto-juvenis. Premiada no Brasil e no exterior, Sonia tem vários livros infantis, sempre valorizando a cultura e estética negra e a diversidade. Além de escritora, é contadora de histórias, pedagoga e professora da rede municipal de ensino do Rio de Janeiro.

Saiba mais: facebook | site 


4- Só as mulheres sangram de Lia Vieira

sóasmulheressangram

Este livro de contos procura revelar diversos aspectos do cotidiano dos negros, em especial, das mulheres negras. O livro é uma verdadeira “celebração à mulher que doí a dor de ser”, como descreve a autora.liavieira

Sobre a autora: Lia Vieira é escritora e doutora em educação, com uma longa trajetória literária e diversas obras publicadas. Possui vários textos publicados, tanto em livros individuais, como em coletâneas como a Cadernos Negros.


5- A garota que queria mudar o mundo de Cinthya Rachel

agarotamudaromundo

Neste livro, Cinthya Rachel conta a história de uma menina negra que quer um mundo melhor e tenta descobrir uma forma de mudar o mundo. Numa disputa de uma gincana no colégio ela encontra um caminho para entender as questões que a afligem.

Sobre a autora: Cinthya Rachel é atriz, famosa pela personagem Biba do Castelo Ratimbum ( TV Cultucynthiara), também é repórter e blogueira, além de escritora.

Saiba mais: facebook | site


6- A união faz a força – expressões do mito familiar em famílias negras de Reimy Solange Chagas

a união faz a força

Este livro, resultado da pesquisa de mestrado em psicologia da autora, é um estudo profundo sobre os aspectos psicológicos de famílias negras na contemporaneidade. Ele analisa como o mito familiar, sob a forma do segredo de família, está imbricado em questões sociopolíticas que muitas vezes desaguam em silenciamentos que são transmitidos psíquica e geracionalmente.

Sobre a autora: Reimy é psicóloga clínica e social, especialista, mestra e doutora em Psicologia Social pela PUC-SP.

Saiba mais:  lattes


7- A candidata de Vera Duarte

a candidata

A Candidata é uma obra que remonta à história da libertação do povo cabo-verdiano com base numa perspectiva feminina.

Sobre a autora: Vera Duarte é autora e jurista caboverdiana. Ativista dos direitos da mulher, umaveraduarte das mais proeminentes vozes de Cabo Verde.

Saiba mais: wiki 


8 – O Mundo Black Power de Tayo de Kiusam de Oliveira

mundobpdetawo

Essa é a história de uma menininha de 6 anos que gosta de brincar, adora animais e se orgulha da sua negritude, principalmente de seu black power. Ela enfeita  seu cabelo dos mais variados e criativos jeitos: com cordões, estrelas, laços e às vezes livre e vasto como o universo.

Sobre a autora: Kiusam de Oliveira é uma ativista feminista e do movimento negro. É uma artikiusamdeoliveirasta multimídia: escritora, atriz, contadora de histórias, bailarina, coreógrafa, professora de danças afro-brasileiras. Pedagoga, mestra em Psicologia e doutora em Educação pela USP. E também é Orientadora Espiritual (Iyalorixá) através do jogo de búzios e numerologia africana.

Saiba mais: facebook | site | lattes


9- A bailarina da bolha de sabão de Maria Gal

abailarina

Maria é uma menina que sonha em ser bailarina. Mas algumas pessoas dizem que ela não se parece com uma bailarina por isso não pode ser uma. Mesmo diante do preconceito, Maria tenta encontrar meios de mudar a si própria para realizar o seu sonho até que ela descobre que não é ela que precisa mudar, e sim as pessoas que a discriminam.mariagal

Sobre a autora: Baiana de Salvador, Maria Gal é, além de escritora, atriz e bailarina.

Saiba mais: site


10- Olhos d’água de Conceição Evaristo

olhosdagua

Nesse livro, Conceição Evaristo aborda com muita delicadeza e profundidade questões que envolvem  mulheres. è um livro que conta histórias de mães, muitas mães. E também filhas, avós, amantes, homens e mulheres. Sempre com um olhar atento para   seus vínculos e dilemas sociais, sexuais, existenciais, numa pluralidade e vulnerabilidade que constituem a humana condição.

Sobre a autora: Conceição Evaristo é mestra em Literatura Brasileira pela PUC-Rio, e doutora em conceição evaristoLiteratura Comparada pela Universidade Federal Fluminense. Professora, pesquisadora e referência em literatura negra brasileira. Seus livros já foram traduzidos para diversas línguas.

Saiba mais: lattes | facebook

Todos esse livros vocês encontram na InaLivros.

Veja Também: