Recebemos nesse fim de semana um texto do Dr. Carlos Moore denunciando a forma abusiva e distorcida pela qual o Deputado Federal Jair Bolsonaro utilizou para defender seus próprios interesses. Com a palavra: Carlos Moore.
“Aos meus amigos/as:
Acabo de ser alertado por um amigo – um grande intelectual afro-brasileiro que eu respeito e estimo muito – que nesta sexta-feira dia 12 de fevereiro de 2016, o deputado federal por Rio de Janeiro, Jair Messias Bolsonaro, na sua página Facebook me atribuiu de maneiCarlos Moorera totalmente abusiva, declarações que nunca pronunciei. Com efeito, esse deputado federal, cujas ideias políticas não compartilho de maneira alguma, pois elas são perfeitamente retrógradas e reacionárias, utilizou de maneira abusiva uma entrevista que eu outorguei, em outubro de 2014, ao meio de comunicação CORREIO NAGÔ. Nessa entrevista, que o senhor Bolsonaro distorceu, eu denunciei  a agressão que tinha sofrido nesse próprio mês, no auditório 91 do Campus Maracanã da UERJ, quando proferia uma palestra sobre o Marxismo e a Questão Racial. Naquela ocasião, eu me vi interrompido e insultado pelo professor Mauro IACI, alto dirigente do PCB – um dos partidos comunistas do Brasil – cujos seguidores armaram tal confusão, com insultos e ameaças de violência física, que os organizadores do evento se viram obrigados a encerrá-lo. Na minha entrevista ao CORREIO NAGÔ, eu explicava o incidente que tinha sucedido na UERJ, e dado a minha interpretação sobre as realidades históricas subjacentes que explicavam tais procedimentos sectários e violentos – a saber, uma visão dogmática, totalitária e repressiva como aquela que imbuia todos os processos fascistas e comunistas; visão que, naquela noite, tinha se manifestado através daquele dirigente comunista (PCB), o professor Mauro Iaci, e dos seus seguidores. Ora, se apropriando daquela entrevista, que de nenhuma maneira se prestava a confusão, pois eu dizia exatamente e claramente o que pensava, eu JAMAIS mencionei o Partido dos Trabalhadores (PT). Mas, o senhor Bolsonaro, de maneira enganadora, colocou na sua página de Facebook e ENTRE ASPAS as seguintes palavras que eu NUNCA pronunciei na minha entrevista, ou em  palestra alguma, mas que ele  me atribuiu falsamente:
CARLOS MOORE: “O BRASIL NÃO PODE CEDER AO MARXISMO; AS MINORIAS SÃO USADAS NO BRASIL PARA O PT CHEGAR AO PODER ABSOLUTO …” (VER: https://www.facebook.com/jairmessias.bolsonaro/videos/588770297938627/?__mref=message_bubble )
Tendo em conta que MILHARES de pessoas já receberam e compartilharam essa DESINFORMAÇÃO em relação ao Partido dos Trabalhadores (PT), peço aos meus amigos que disseminem este DESMENTIDO pelo qual eu faço constar o caráter MANIPULADOR dessa falsa informação difundida pelo deputado federal senhor Bolsonaro em relação ao PT. Repito: se trata de uma atribuição DESINFORMADORA e absolutamente MENTIROSA. Eu, em nenhum momento tenho me imiscuído na política interna deste país (Brasil). Por isso, eu rechaço com indignação qualquer tentativa de me constranger a fazê-lo, especialmente se valendo de métodos dignos dos processos fascistas que a humanidade bem conhece.
Reafirmo aqui a minha total independência no que diz respeito à chamada “esquerda” como em relação à autoproclamada “direita”. Não permitirei NUNCA ser manipulado e usado como uma marionete por nenhum desses dois polos, nem por NINGUÉM”!
Carlos MOORE

 

Veja Também: